Horizontes

K'n-yan, parte 2

Em busca de um Quintessência, o grupo conhece o Templo da Heresia

Seguindo X’clo’tlan, a Cabala se depara com um templo abandonado, nos arredores de B’graa. Ele diz que foi um lugar muito importante no passado: Gal-H’abor, o Templo da Heresia. Lá, cultuava-se o corpo, o prazer, e Tsathoggua, a mãe-disforme de N’kai.

É um prédio negro, achatado e anguloso, com projeções laterais, e feito de pedra negra e lustrosa. Não parece ter nenhuma decoração, nem são visíveis as juntas entre as pedras lisas. X’clo’tlan empurra para dentro a porta lisa e sem mecanismos, e ela desliza para dentro suavemente, embora seja enorme e de pedra sólida, deixando um rastro na poeira do chão.

Dentro está escuro; entra um pequeno faixo de luz de uma abertura lateral no salão principal, mas a maior parte da iluminação vem da porta aberta. O interior é um salão vasto, com duas fileiras de colunas próximas ao centro. Greg programa seu palmtop para puxar uma planta do local, e diz que no canto extremo há um pequeno altar de pedra vazio, em uma parte levemente elevada. Quando se dirige para lá para explorar, é surpreendido por um fosso negro e circular, de mais ou menos um metro de diâmetro, exatamente no centro do salão, que não aparece no seu mapa.

(…?)

Traumatizado com uma visão do ídolo de Tsathoggua que adornava o altar, Greg se encolhe em uma pilastra olhando para uma parede no canto, mas vê diante de si, no escuro, como que através da parede negra, a estatueta, nítida. Ela acena para ele, chamando-o com o dedo, enquanto descansa sua mão esquerda sobra a barriga inchada sob a língua exposta. Ele resolve sair do templo, e descobre que estão cercados de Ghyaa-yothnn indomados, os fitando com seus olhos esbugalhados. Centenas, milhares deles, rodeando o templo como uma manada, enquanto a fileira mais próxima está parada encarando a entrada. Eles avançam lentamente em sua direção, e ele retorna para dentro, fechando a porta.

X’clo’tlan sai para averiguar, e, percebendo que os Ghyaa-yotn em que vieram montados não estão em seu lugar, sai em sua busca no que em um instante se torna um desespero frenético. Rapidamente some de vista, e não retorna.

(…?)

A biblioteca

  • Muitos livros na mesma língua estranha
  • Um quarto dos fundos contém várias coisas derrubadas, um medalhão estranho, uma estatueta de uma mão com uma boca na palma, e um pano onde algo estava enrolado, coberto por pequenas escamas, que fazem uma trilha saindo do quarto.

O quarto dos fundos

  • fileira de quadros; um falta
  • sedas, incensos, harpa
  • papéis em língua estranha

O corredor lateral

  • movimento, carcaças
  • serpentes, granada
  • as serpentes saem, combate no saguão principal
  • tiros pegam o altar, pequeno terremoto, rachaduras no saguão

Comments

Monstah Monstah

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.