Horizontes

Cidade de Sonho

A Cabala investiga o Sonho Dom Bosco, encontra nele uma entidade faminta

Reino sdb

No Sonho Dom Bosco, chega a Cabala, pelo cristal. Vêem uma cidade, montanhas altíssimas até as nuvens, e o que parece ser um vórtice de energia em uma delas, sugando Quintessência do Reino. Começam a andar em direção ao Obelisco de onde brota quintessência, e percebem que o ambiente se torna cada vez mais abstrato.

Surge um umbral, uma Cor. Luna tenta se comunicar com ela, que responde, com um verde interrogativo, depois um branco e dourado. Greg Skull tenta se comunicar também, mas como não entende essa onda espiritual louca, brinca com a cara do espírito. Daniel Schneider entende um pouco, que ele quer saber de onde vêm ou algo assim.

Sem ter muito o que fazer, Greg manda Bit scannear tudo na região para futura referências.

Pouco depois, aparece outro umbral, uma Forma. Junto com ele, uma jovem garota, Desperta como eles. Eles se enxergam como representações de seus Avatares e Paradigmas. Skull ve um Ent… com todo seu “esplendor” e “pureza”, e não demora muito para começa a zoar com a cara dela, denominando-a “a mais nova membra do Haribô squad”. Conversando, eles descobrem que ela se chama Dona, e teve seu despertar em Brasília, nos anos 70. Pouco depois, caiu por acidente na Umbra quando estava na Ermida Dom Bosco, e lá ficou presa por 5 anos, encontrou umbrais locais e aprendeu sobre cosmologia e o lugar.

O que a choca é descobrir que esses 5 anos, do lado de fora, foram 37.

Greg não consegue se conter, e chama Dona de “senhora McFly” e outros chavões sobre filmes e jogos de viagem no tempo. Ela conta que, há 1 ano (local), a criatura chegou e se instalou lá em cimal; seis meses depois, o cristal verde surgiu e fechou tudo. Ela nunca tinha conseguido sair desse lugar, mas segundo os Umbrais, algumas passagens sobraram lá por cima, onde é difícil chegar com um corpo “sólido”.

Eles tentam analisar a criatura de longe. Ela se alimenta de jorros de quintessência do chão, logo Mengarom e Greg Skull tentam atingi-la pelos jorros, com Espírito e Forças, mas a criatura parece não se importar. Tentam chegar mais perto, e descobrem, lá no alto, um “reflexo” da cidade abaixo. Voltando, eles conseguem bolar um plano para mutar a criatura: mudar sua natureza, e fazer com que se alimente de vermes. Jamal, Mengarom e Daniel o colocam em prática, e a criatura pára de se alimentar da quintessência. Rapidamente, ela se torna instável, e começa a destruir tudo a sua volta para conseguir sustento.

Nodo cristal verde 2

Eles saem todos do cristal, e rapidamente criam uma armadilha: Jamal pede um segundo de privacidade, e quando volta traz em suas mãos uma pilha duvidosa de terra e outros dejetos. Ele a molda na forma de um grande verme, e coloca do lado do cristal verde interno, enquanto Daniel planeja um terceiro cristal, ao redor do interno e do verme, com o que parece a Greg rabiscos no chão, mas com uma certa estrutura de programa.

O procedimento é demorado, mas após preparada a armadilha, tudo é muito rápido: o cristal interno é desfeito, e o dos rabiscos ao redor surge um novo. Surge, dentro da armadilha, uma bola de luz brilhante e voraz, que se separa logo em duas bolas, uma brilhante e outra voraz. A voraz parte para cima da isca, e Daniel rapidamente separa o cristal em dois.

O cristal antigo é dissolvido, e Jamal pega o Sonho Dom Bosco em suas mãos. Eles vão levá-lo de volta à Ermida Dom Bosco, mas, assim que saem do Nodo Cristal Verde, o sonho jorra luz para cima por um instante. Todos esperam o pior, mas nada acontece. Eles levam o Sonho de volta para a Ermida, e um fenômeno parecido mas menor acontece. A luz sobe, depois desce e se espalha pela cidade, trazendo alívio para a natureza.

Greg planeja voltar ao “reino Haribô” para um estudo mais aprofundado daquele local, tanto dos programas que estão lá, quanto do código de criação daquele “jogo”.

Comments

Monstah

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.